Páginas

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Alegrias e Trevas

E vou tentando chegar. Onde não sei exatamente, mas tenho um profundo desejo de estar lá!
Como todos os dias, bem sei que já foram tantos, vou me constituindo em minhas relações. Me refiro as relações sociais... quanto as relações comigo mesmo, tenho que aperfeiçoá-las. Chegar a me conhecer plenamente é relevante, mas não exatamente possível. O que fazer se eu mudo sem deixar de ser eu mesmo?
Vou mudando, e rapidamente! Mas ainda continuo gostando de bolo de chocolate e sorvete com bastante castanha de cajú. Lembro-me de já gostar aos 8 anos de idade. Então, vou me descobrindo afável, romântico, sonhador e idealizador. Só que não demonstro isso! Isso é meu, não quero que me roubem. Se me faz bem fugir dos holofotes eu já não sei. Eu nunca acreditei em signos nem em macumba. Mas a descrição do pisciano se aplica bem a mim. Vivo no mundo próprio, lá eu me refugio... mas não gosto de monotonia, então eu fujo constantemente do mundo idealizado em busca da realidade. Me descubro relapso e romântico, mas eu não quero ser romântico. Vai ver é por isso que sou, pois na vida são tantas as contradições e contrariedades!
Gostar de mim? Isso já é pessoal.
Mas não duvido em dizer: EU GOSTO DE MIM. Eu me abraço, me beijo, me toco...
Sinto que tenho muito a conhecer, pois estou sempre variável, em plena constituição.
Quando eu me conheço um pouco mais, é exatamente aí que eu me desconheço.

Das minhas alegrias e trevas só eu entendo!

14 comentários:

  1. O mais importante é você se gostar. O resto simplesmente acontece a partir daí.
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Respondendo, SIM O QUE NÃO EXISTE A GENTE CONSTROI, inclusive a perfeiçao! eu penso asism rs.

    Nossa mas incrivel o que disse em relação a nossa propria pessoa, sobre o gostar próprio, pois ainda não consegui chegar neste nível, me sinto insatisfeito em 70% das vezes comigo mesmo...

    ResponderExcluir
  3. Essa é nossa busca constante, nossa descoberta mais importante e como você mesmo disse, quanto mais nos conhecemos mas vemos que temos ainda para conhecer.

    Saudades

    ResponderExcluir
  4. Costumo dizer que nosso âmago continua intacto no decorrer dos anos, só a casca que endurece. A evolução tem mais a ver com descobrimento, descobrir que possuimos sentimentos, sensações, traços e caracteristicas que não tinhamos alguns anos atrás é incrível. Mas incrível mesmo é a capacidade do seu humano de possuir uma explosão dentro de si. O controle é o segredo.

    Adorei o texto, abraços!

    ResponderExcluir
  5. Uau garoto, não duvides, vc é bom, incrivelmente bom.
    Me arrependo de nao tê-lo conhecido antes, ou melhor, de não ter me apresentado antes.
    Abraço e sucesso..

    ResponderExcluir
  6. A eterna busca de si mesmo. Isso é intrigante e comum a todos os seres humanos.

    ResponderExcluir
  7. Presente pra você lá no blog.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. Olá Joel!
    Realmente somos essa oscilação de sentimentos, de desejos, sempre em novas descobertas sobre quem somos realmente. E isso, nos faz amadurecer, e descobrir aos poucos novidades próprias e nos amplia os caminhos a serem seguidos. Talvez sejamos como dizia o grande Poeta Raul seixas: ''Eu prefiro ser, essa metamorfose ambulante''
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Também gosto de bolo de chocolate...rs
    To seguindo,
    Beijos e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  10. Oi Joel,tudo bem?
    Eu deixei uma coisinha pra vc lá no meu blog,espero que goste.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Alooooooooooooo Joel........

    Por onde andas meu amigo. Lembra de nós e pensa que existem pessoas aqui que curtem muito ler seus textos.

    Abraçãaoooooooooooo

    ResponderExcluir